Postagens

Mostrando postagens com o rótulo não me sentiria feliz com a decisão

(CHEGOU A HORA DO BALANÇO)

Imagem
Balanço de ano. Trabalhei e trabalhei. Como é gostoso voltar a me sentir útil. Confesso que, há um mês pensei seriamente em desistir, em focar mais na minha reabilitação. Porém, sei que não me sentiria feliz com a decisão, voltaria para a casa da mamãe naquela rotina acorda-fisio-gummydrop-bocha-come-dorme. NÃÃÃÃÃO! Passei a querer um pouco mais. Não só de ajudar o pessoal de TI com contratos e notas fiscais, mas interagir com outros seres humanos senão minha mãe e fisioterapeuta.
A fadiga, fruto da minha doença e da minha idade, não me deixa acompanhar meus amigos mais jovens nas baladas. Aliás, eles, são o melhor que conquistei neste ano. Gabriel, Patrícia, Pâmela me ajudaram a fazer esse meu cansaço rotineiro se transformar em doses de alegria, regados a muita cerveja e risadas. No último dia 27 fomos a um lugar muito lindo, legal para fechar o ano dessa amizade com cervejas a 18 mango e pizza de 74, mas valeu demais! Nenhuma notícia da chegada das minhas enzimas. Entretanto, no grup…